Indústria 4.0

O objetivo desse artigo é explicar de maneira breve como surgiu a Indústria 4.0, destacando as evoluções da indústria desde a primeira revolução industrial, até a atual.

O que é Indústria 4.0?

O termo Indústria 4.0 refere-se à quarta revolução industrial, e foi originada de um projeto de estratégia de alta tecnologia do governo alemão, promovendo a informatização das unidades fabris. Esse termo foi utilizado pela primeira vez em 2011 em uma feira de Hannover na Alemanha.

Revolução Industrial

A indústria 1.0 ou primeira revolução industrial, iniciou aproximadamente há 250 anos atrás, com o aumento da produtividade da indústria têxtil com as fábricas mecanizadas através da máquina a vapor.

Em 1913 após a introdução da linha de montagem por Henry Ford, iniciou a segunda revolução industrial, a indústria 2.0, na qual resultou em um grande aumento na produção do modelo “T” chegando a um volume de 15 milhões. Assim, outras fábricas começaram a aplicar as linhas de montagem para o aumento da eficiência, produtividade e redução de custos.

Já na indústria 3.0, nos anos 70, iniciou a montagem automatizada com a aplicação de computadores no chão de fábrica, uso de CNC (Comando Numérico Computadorizado) em centros de usinagem, máquinas de inserção de componentes, etc.

Com isso os trabalhos mecânicos realizados por seres humanos começaram a ser executados por robôs computadorizados. E hoje, graças a estas fábricas altamente automatizada nos proporcionam a oferta de smartphones, tablets e diversos produtos eletrônicos a um preço acessível.

Evolução da indústria até Indústria 4.0

Quarta Revolução

Atualmente estamos na quarta revolução industrial, ou Indústria 4.0, onde o foco é a hiper conectividade, permitindo a execução de tarefas diárias de forma automatizada e instantânea, muitas vezes através de wireless ou cabo TCP/IP.

Nessa revolução os conceitos de Internet das Coisas, sistema cibernético e armazenamento em nuvem são tecnologias utilizadas para melhorar a produtividade e inviolabilidade dos dados, que são criptografados para a segurança dos serviços.  Essas tecnologias estão inseridas na metrologia 4.0 que acompanha a revolução industrial.

Imagem explicativa da Indústria 4.0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *