Cadastro de Padrões

No breve artigo de hoje será abordada a utilização do Software Isoplan com relação ao Cadastro de Padrões, destacando a importância do certificado do padrão que é a mais nova funcionalidade da revisão 29.

Isoplan

Após o recebimento do número e senha do certificado de calibração, muitos usuários encontraram dificuldade na digitação dos dados no cadastro do padrão do Isoplan, além do trabalho braçal de digitar, também tem que haver uma atenção para evitar erros de digitação.

A inserção dos dados do certificado do padrão permite que o software faça o cálculo da incerteza combinada.

A revisão 29 do Software de Calibração Isoplan resolveu esse problema de digitar os dados manualmente, trazendo a grande novidade de importação de dados dos certificados dos padrões que foram calibrados no laboratório Prymelab da Presys.

Como importar os dados?

Recomenda-se primeiro acessar o site Prymelab e baixar o pdf do certificado, basta inserir o número do certificado e senha recebidos na carta que o Prymelab enviou, depois realize o salvamento do arquivo .pdf no seu computador.

Para importar os dados acesse Laboratório de Calibração Prymelab (mesmo link, porém, com o complemento /isoplan), insira o número do certificado e senha recebidos na carta, faça o download do documento, salvando o arquivo .ccp no seu computador. É muito importante salvar o documento, visto que somente o Isoplan poderá utilizá-lo.

Após o procedimento acima, abra o Isoplan e acesse Cadastro>Padrões>Principal>Importar Certificado Presys, selecione o certificado salvo e abra o documento. O Isoplan trará todas as informações do certificado por meio da importação.

É de suma importância fazer toda a análise dos pontos, tais como análise crítica, critério de aceitação e conferir os dados importados comparando com o pdf salvo anteriormente, para depois assinar e liberar o documento com segurança.

Lembrando que no Critério de Aceitação aparece um critério definido de fábrica, esse critério deve ser definido de acordo com o seu processo e as exigências de aceitação dele, por esse motivo é necessário observar com atenção, executar as alterações necessárias, e, por fim, salvar e assinar o certificado.

Site para download do certificado, que permite o cadastro de padrões

2 respostas para “Cadastro de Padrões”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *