NBR ISO/IEC 17025:2017

O objetivo desse artigo será mencionar tópicos técnicos relevantes da nova Norma NBR ISO/IEC 17025:2017, ajudando os clientes no entendimentos destes itens.

Isoplan

Além de auxiliar na utilização da nova 17025:2017, é importante evidenciar que o Software de Calibração Isoplan está em conformidade com a atualização da norma, viabilizando tecnicamente a aquisição do software ou eventual upgrade de versão do mesmo.

A equipe Presys esteve participando de treinamentos técnicos da nova ABNT/NBR ISO/IEC 17025 para obter base no desenvolvimento do artigo e possíveis direcionamentos aos clientes.

Como funciona a nova 17025?

Existem muitas dicas para o entendimento da Nova 17025 no DOQ – CGCRE 087. Em resumo o escopo está sendo revisado para cobrir todas atividades laboratoriais com abordagem de processos, ou seja, resultado das calibrações.

Na nova estrutura de itens, os que mais tem haver com os produtos que a Presys Instrumentos fornece, são os itens abaixo.

Item 06: Relacionado com padrões de calibração e seus controles.

Item 07: Relacionado com os resultados de calibração (relatos de resultados), ou seja, o certificado de calibração e ao Software Isoplan.

Devem, Convém e Pode

Existem na norma muitos pontos mencionados como DEVEM, CONVÉM e PODE. “Deve” indica um requisito ou prescrição, “Convém” indica uma recomendação e “Pode” indica uma permissão ou possibilidade.

Com isto temos então muitos pontos onde um “Deve” indica o caminho para o Software de Calibração Isoplan como ferramenta para atender este requisito.

O Item 3.4 reforça a questão da Intercomparação entre Padrões e intralaboratorial, entre pessoas. Isto reforça a necessidade dos clientes terem os padrões na bancada (fixos e em ambientes monitorados) além dos padrões portáteis para trabalho em campo.

Os Itens 4.1 / 4.1.1 / 4.1.2 / 4.1.3 reforçam a ideia de imparcialidade. Então trata-se de uma resposta técnica, evidenciando que a Presys Instrumentos e seu laboratório acreditado, não pode passar calibrações na frente de outros clientes. Vamos assim cada vez mais estimular o planejamento para envio dos padrões para a Presys calibrar com datas programadas.

Os contratos de calibração se fortalecem entre a Presys e seus clientes. O cliente terá subsidio técnico para efetuar um pedido de compra único de todas as calibrações anuais para tal planejamento.

Capacitação Técnica e Procedimentos

Os Itens 6.2.1 / 6.2.2 / 6.2.5 reforçam a questão das competências dos técnicos do laboratório. Na questão do treinamento de manuseio e das técnicas metrológicas.

Ajudará no fornecimento de treinamentos, da participação em workshops e a busca por aprender metrologia e calibração por parte dos técnicos do cliente envolvidos no processo de calibração.

Os Itens 6.4.3 / 6.4.4 / 6.4.5 / 6.4.6 são referentes aos procedimentos de manuseio, manutenção planejada e também a questão de se enviar os padrões, frequentemente e com planejamento para calibração.

Avaliação de conformidade, seria a análise crítica do certificado do padrão no recebimento. Planejar e avaliar o envio para um laboratório RBC competente e com incerteza dentro do requerido pelo padrão.

CMC – Capacidade de Medição e Calibração

Item 6.4.7 referente ao estudo de frequência de calibração dos padrões. Periodicidade, avaliar se ocorrem estudos do por que se calibra instrumentos e padrões com determinada frequência.

ILAC – G24 – Guia para definir a frequência de calibração.

OIML D10 – Guia para definir a frequência de calibração.

Art. 478 – RDC 17 – Guia para definir a frequência de calibração.

Requisitos

O Item 6.4.8 é referente a etiqueta de calibração e seu conteúdo. Itens 6.5 / 6.5.1, rastreabilidade metrológica, ou seja, cadeia ininterrupta e documentada de calibrações, cada uma contribuindo para a incerteza de medição.

Itens 6.6 / 6.6.2 / 6.6.3: Trata-se da atenção aos serviços providos externamente, atenção aos processos de qualificação de fornecedor. Definição de critérios para avaliação. Seleção e monitoramento, além de competência técnica.

Itens 7 / 7.1: Requisitos de Processos. Análise Crítica de pedidos e propostas. ISO / IEC Guide 98-4 – Declaração de conformidade.

Itens 7.2 / 7.2.2.4 / 7.11.2: Validação de método.

Uso do Isoplan é um método de trabalho para gerar os certificados de calibração. Evidencia a necessidade de eventual validação do Isoplan com IQ (Installation Qualification) / PQ (Performance Qualification) e OQ (Operational Qualification).

O Item 7.5.1 menciona a folha de dados brutos.

Itens 7.6 / 7.6.1 / 7.7 / 7.7.1: Trata-se de Avaliação da Incerteza de medição. Ao avaliar a incerteza de medição todas as contribuições para sejam inseridas as fontes de erros. Garantia da validade dos resultados.

Itens 7.8 / 7.8.2.1: Conteúdo necessário para o documento de Relatório de Resultados, ou seja, o Certificado de Calibração.

O Item 7.11.3 refere-se as proteções do sistema. Senhas de acesso, integridade de dados.

2 respostas para “NBR ISO/IEC 17025:2017”

    1. Olá, Giovani!
      Para saber mais sobre o produto e suas especificações técnicas, contate nossa equipe de vendas através do tel.: (11) 3056-1900 ou e-mail vendas@presys.com.br.
      A Presys agradece o seu comentário, conte sempre conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *