Conceitos da Metrologia 4.0

Nesse artigo será explicado de forma breve os conceitos da Metrologia 4.0 e assuntos relacionados, com objetivo de sanar dúvidas e esclarecer algumas questão sobre o tema.

Metrologia 4.0

O Brasil está inserido em um cenário cada vez mais globalizado e internacional, é o terceiro maior produtor de cerveja, quarto maior mercado de cosméticos e o sexto em produtos farmacêuticos.

Sendo assim, as indústrias precisam garantir a qualidade dos produtos oferecidos e evitar atividades manuais que possam comprometer a integridade e produtividade dos trabalhos.

A calibração no método convencional estava demandando muito tempo e custo, abrindo espaço para a Metrologia 4.0 que garante velocidade, integridade de dados e inteligência no processo de calibração, sem abrir mão da qualidade.

O fluxo de documentos de papel na Metrologia 4.0 praticamente acaba, já que o calibrador funciona como um tablet, armazenando os procedimentos, certificado de calibração do padrão, instruções de trabalho e coleta de dados.

Sistemas ERPs

Através de uma ordem de serviço aberta do ERP que contenha a localização do instrumento, o número da ordem e todas as atividades, o profissional consegue passar para outro nível, que é o software de calibração que se comunica com o calibrador.

O técnico vai ao campo ou em bancada com esse dispositivo, executa os trabalhos de calibração e tem acesso aos limites de tolerância de processos. Ao terminar o processo de calibração é possível enviar os dados para o software de calibração, para o ERP e fechar a ordem de serviço.

Ajuste e Calibração na Metrologia 4.0

De acordo com o VIM, desde 1995 a palavra “aferição” não existe e foi substituída por “calibração”, que é o ato de comparar uma medida do instrumento contra um padrão, após isso é feita a verificação para saber se o equipamento precisa de ajuste ou não.

Observando os aspectos da Metrologia 4.0, é importante não executar os ajustes dos instrumentos antes de terminar o processo de calibração, lembrando que no calibrador existe um dispositivo com data logger, configurador hart e gerenciador de tarefas.

Atualmente os auditores estão solicitando o Certificado de Calibração em que houve ajuste, com intuito de verificar o antes e o depois do ajuste. Muitas empresas não possuem um certificado desses, então é necessário atenção para documentar primeiro o antes, fazer eventuais ajustes, terminar a calibração final e documentar o depois.

Incerteza de Medição do Padrão

O principal e único órgão de metrologia é o Inmetro que estimula a formação das redes estaduais, como a REMESP no estado de São Paulo, e outras redes em Minas Gerais, Pernambuco e outros estados.

Um certificado de calibração de acordo com a 17.025 deve conter a incerteza de medição, que é a herança, ou seja, um padrão ruim vai refletir e impactar o resultado da calibração, fazendo com que o erro mais a incerteza fique acima do critério de aceitação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *